Reductio Ad Hitlerum

Reductio ad Hitlerum

Reductio ad Hitlerum, ou argumento ad Hitlerum, é um termo cunhado pelo filósofo Leo Strauss em 1951. O argumento ad Hitlerum é uma falácia lógica informal que consiste em tentar refutar a opinião do seu adversário comparando-o com a opinião que seria alegadamente defendida por Adolfo Hitler ou pelo partido nazi alemão.

O argumento ad Hitlerum é uma forma de ad Hominem ou de ad Misericordiam. O que se pretende, com o uso da falácia ad Hitlerum, é associar a culpa à posição ideológica do adversário. De facto, o argumento ad Hitlerum é uma variação do argumento ad Absurdum utilizado contra o seu adversário político.

Por exemplo:

“Hitler foi um nacionalista e patriota, e portanto o nacionalismo e o patriotismo são formas de fascismo.”

Editado por (OBraga)

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License