Micro-quimerismo

Micro-quimerismo

Micro-quimerismo1 é um neologismo que significa a presença, em uma pessoa, de um pequena quantidade de células masculinas provenientes de um outro indivíduo e, por isso, geneticamente distinta das células dessa pessoa. Segundo a Wikipédia, o fenómeno do Micro-quimerismo pode estar relacionado com determinados tipos de doenças do sistema imunitário, mas os mecanismos de nexo causal são desconhecidos.

O mais conhecido é o Micro-quimerismo feto-maternal, em que as células (de diferente ADN) do feto masculino passam para o corpo da mãe (nomeadamente, para o cérebro da mãe). Porém, o Micro-quimerismo existe em mulheres que nunca tiveram filhos nem abortaram — o que significa que as relações sexuais desprotegidas fazem com que o ADN do homem permaneça na mulher durante toda a vida.

A ler:


Editado por (OBraga)

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License