Imaginação

Imaginação

Do Latim imago, que tem a mesma raiz que imitari, que significa “imitar”.

Platão desvaloriza a imagem e a imaginação: a primeira é o mais baixo grau do real, e a segunda é o mais baixo grau do conhecimento.

No seu sentido etimológico, a imaginação seria “imitação por imagens”. Porém, a imaginação não é a simples imitação do real por imagens: consiste em produzir representações e, como tal, pressupõe uma actividade do espírito (imaginação reprodutora). Mas esta actividade não reside apenas na representação de seres ou objectos ausentes: consiste também na possibilidade de combinar as ideias ou de antecipar acontecimentos (imaginação produtora) e mesmo de descobrir novas representações (criatividade).

Editado por (OBraga)

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License