Erística

Erística

Do grego eristikós; “que ama a disputa”.

Na antiguidade, a erística era a arte da discussão. O termo é hoje usado sempre para designar o gosto excessivo das argumentações verbais rebuscadas e confusas. A dialéctica de Sócrates e de Platão exerceu-se essencialmente contra esta tendência, esforçando-se por substituir a convicção retórica imposta pelos “argumentos-cacete”, pela persuasão lógica.

Editado por (OBraga)

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License