Donatismo

Donatismo

“O donatismo (assim chamado de Donato de Casas Negras, um dos corifeus de Santo Agostinho), quando Agostinho foi consagrado bispo, estendia-se pela África romana havia quase um século. Era um movimento cismático fundado no princípio da absoluta intransigência da Igreja frente ao Estado. A Igreja é uma comunidade de perfeitos que não devem ter contactos com as autoridades civis. As autoridades religiosas que toleram tais contactos perdem a capacidade de administrar os sacramentos e os fiéis devem considerá-los traidores e renovar o baptismo e os outros sacramentos recebidos deles.”

“Santo Agostinho e a Polémica contra o Donatismo”, in “História da Filosofia” de Nicola Abbagnano, volume II, §165, página 217, Editorial Presença, Lisboa, 1969.

Editado por (OBraga)

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License