Argumentum Ad Nauseam

Argumentum ad Nauseam

É a crença segundo a qual uma asserção pode ser aceite como verdadeira se for ouvida (na comunicação social, por exemplo) com maior frequência. Consiste na repetição de um argumento qualquer, assumindo a verdade desse argumento, até que as pessoas entrem num estado de dissonância cognitiva, ou então, de total indiferença.

O argumento ad Nauseam é constituído, no fundo, pela propaganda política ou pela pseudo-informação.

Por exemplo: “a actual crise económica portuguesa é uma fatalidade, e Portugal tem que empobrecer radicalmente para sair da crise”. Este argumento é repetido nos meios de comunicação social e pela classe política, ad Nauseam (até à náusea).

editado por OBragaOBraga —- para desambiguação clique em debater no menu em rodapé

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License