Apologética

Os apologistas, quando desejam provar que o Antigo Testamento preparou o Novo, limitam-se, muitas vezes, a mostrar a sequência e o desenvolvimento das profecias messiânicas. Segundo a Apologética, foi o desenvolvimento de conjunto da religião de Israel que encaminhou a humanidade para o Cristianismo.

A Apologética Medieval cristã esteve intimamente ligada ao judaísmo, e em consequência disso, foi ideologicamente permeável à Cabala judaica e a determinadas teorias gnósticas que moldaram o templarismo maçónico, banido pelo Rei francês Filipe, O Belo, em 1312, e secundado pelo Papa Clemente V alguns anos mais tarde.

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License